Arandú

Grupo de Tecnologias e Ensino de Ciências. Instituto de química – Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Faça ciência como uma garota: a história de Mariana e Bruna Luzia

FotorCreated

Superando qualquer obstáculo, Mariana e Bruna foram premiadas na FETEC MS com credenciamento para a FEBRACE e no evento, receberam credenciamento para a INTEL ISEF, maior feira para jovens cientistas de todo o mundo. Em entrevista, Mariana Chermont tentou descrever a excepcional experiência de ter apresentado seu trabalho em tais eventos. Segundo a mesma, é difícil para a dupla expressar o sentimento sobre tamanho progresso, já que para elas era suficientemente impressionante terem sido premiadas na FETEC MS. Com o “AutoGuardian”, projeto que visava monitoramento e análise de dados automobilísticos para simulação de sinistros, as estudantes de Nova Andradina inscreveram-se na Feira de Tecnologias, Engenharias e Ciências do estado, na edição de 2014 e foram gratificadas com segundo lugar em ciências exatas e da terra, além do ingresso para a FEBRACE. E em São Paulo não foi diferente: as garotas trouxeram representatividade para a pesquisa em Mato Grosso do Sul e Instituto Federal.

“O AutoGuardian foi reconhecido! Vocês conseguem sentir a emoção?”, expressa Mariana, que afirma que o reconhecimento não foi fruto de sorte. Ambas tiveram um ano de trabalho desgastante, mas concordam ao dizer que cada dia de esforço foi triplamente compensado representaram o país na maior feira de ciências do mundo.  Quanto à rotina e organização do evento, mostram-se plenamente satisfeita com a competência mostrada. Os dois primeiros dias foram cheios, dentre ocupação de hotel, fazer cartazes para o país, conhecer estrutura da ISEF e montar estande. Ademais, tiveram de participar da cerimônia de abertura do evento, que incluiu uma festa com troca de pins, um processo onde as garotas receberam pins de vários países do mundo, alguns que garantiam o contato que os finalistas teriam a partir dali.

O terceiro dia foi destinado a apresentação para jurados, o que para elas não foi tarefa simples. Tiveram de seguir normas a respeito de figurino e apresentação em inglês. O idioma foi um desafio para as garotas, que foi superado graças a alguns workshops preparatórios. Mesmo sem tradutor e um curso de inglês precedentes, elas cumpriram devidamente sua missão. De acordo com Mariana, é um momento tenso, mas ao mesmo tempo sensacional… Onde conquistou autoconfiança. Também, elogiou a organização dos avaliadores, que fazem visitação aos estandes nos respectivos horários. Na manhã do dia seguinte, houve a apresentação para o público. A rotina turbulenta foi cansativa para as garotas, mas Chermont fez questão de ressaltar que até o cansaço foi bem aproveitado.

As últimas duas festas também marcaram os dias das estudantes, que presenciaram muita fartura e surpreenderam-se com um DJ brasileiro. A premiação, segundo Mariana, foi emocionante. Com orgulho do AutoGuardian e da delegação brasileira, a dupla voltou para a casa carregando uma mala cheia de memórias.

O Grupo Arandú sente-se honrado em ter feito parte dessa caminhada!


Sarah Santos

Acadêmica de Jornalismo – UFMS

Anúncios

Um comentário em “Faça ciência como uma garota: a história de Mariana e Bruna Luzia

  1. Keila Caroline
    5 de junho de 2015

    Parabéns, garotas! quem acompanhou de perto sabe todo o esfoorço necessario para conquistar isso e sem duividas voces mereceram 🙂

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 3 de junho de 2015 por em FEBRACE, FETEC MS, Intel ISEF e marcado , , .

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 2 outros seguidores

O conhecimento torna a alma jovem e diminui a amargura da velhice. Leonardo da Vinci
%d blogueiros gostam disto: